As melhores dicas e ofertas em nossas redes sociais:

Como escolher os metais de banheiro?

Compartilhe

Escolher os metais de banheiro é uma parte muito importante de qualquer obra de construção ou reforma. Afinal, além de serem responsáveis por trazer funcionalidade e conforto, eles também ajudam a dar o tom da decoração e amarrar o design.

Porém, com tantas opções de cores, estilos, modelos e materiais, fica até difícil escolher aquele que melhor combina com seu espaço e seu gosto. Pensando nisso, trouxemos muitas dicas para te dar um norte e mostrar o que você deve levar em conta na hora de comprar sua torneira, misturador, registro de chuveiro, ducha higiênica, engates flexíveis e outros acessórios metálicos para seu toalete.

Então, continue a leitura até o final para não perder nenhuma dica interessante!

Qual o melhor material para metais de banheiro?

Primeiramente, algo que você deve priorizar na hora de escolher, é o material dos acessórios. Isso porque existem alguns que têm uma duração maior, mas são mais caros, por exemplo. Dessa maneira, você precisa encontrar a opção que melhor se encaixe no seu orçamento, mas que também não demande uma troca tão cedo.

O aço inoxidável, por exemplo, é uma opção sem erro devido à sua resistência à corrosão e durabilidade. Este material é ideal para ambientes úmidos e propensos a variações de temperatura, como o banheiro. Além disso, o aço inoxidável é higiênico e fácil de limpar, o que ajuda a manter um ambiente saudável e livre de germes. Por outro lado, ele tende a ser mais caro também.

Outra opção interessante é o bronze, famoso pela sua robustez e estética clássica. O bronze também pode receber diferentes tipos de acabamentos, como polido ou escovado, o que permite que você faça uma integração harmoniosa com diversos estilos de decoração. Embora possa requerer um pouco mais de manutenção para evitar manchas, esse metal ajuda a trazer uma sensação de luxo e sofisticação.

O latão também é uma boa escolha, principalmente se você busca uma variedade de acabamentos e cores. E com tratamento adequado, o latão pode resistir bem à umidade e ao desgaste, mantendo sua beleza por anos.

Portanto, todos esses metais são bons, cada um com seus prós e contras. Então, você pode se concentrar em optar pelo melhor que puder pagar, desde que você goste, é claro.

Como escolher a cor dos acessórios de banheiro?

Para escolher a cor dos acessórios de banheiro, opte por tons que complementem ou contrastem harmoniosamente com as cores existentes no seu banheiro, incluindo azulejos, pintura e acessórios.

Também é importante pensar na durabilidade. Metais com acabamentos cromados ou niquelados, por exemplo, não só oferecem um brilho duradouro, mas também são resistentes à corrosão e fáceis de limpar.

O estilo também é essencial. Para banheiros modernos, metais em cores escuras como preto ou cinza antracite podem adicionar um toque contemporâneo. Por outro lado, ambientes clássicos ou vintage podem ficar melhor com cores tradicionais como o dourado ou o bronze.

Cores claras, como o aço e o rose gold, podem ajudar a ampliar visualmente o espaço, enquanto cores escuras ou vibrantes, como o preto ou o cobre avermelhado, podem criar um ponto de destaque.

Decida se deseja que os metais sejam um elemento consistente no design ou se prefere usá-los como um contraste ousado. Como vimos, usar cores que ressoam com o estilo pode ajudar a fortalecer o visual, mas você também pode contrastar, desde que haja uma harmonia. Por exemplo, você pode usar acessórios pretos, com ar industrial para equilibrar um visual vintage, com uma banheira com pés de garra dourado.

Se você gosta de se manter atualizado com as tendências atuais em design de interiores, pode usar o que estiver na “moda”, mas lembre-se de que escolher algo atemporal pode ser melhor a longo prazo.

Por fim, é importante lembrar que essa escolha não precisa ser permanente. Afinal, metais do banheiro podem ser trocados com relativa facilidade, então sinta-se à vontade para experimentar e encontrar o que funciona melhor para você e seu espaço.

Pode misturar cores de metais no banheiro?

Sim, é possível misturar cores de metais no banheiro, e essa pode ser uma maneira elegante de adicionar profundidade e interesse visual ao espaço. Veja algumas dicas para misturar cores de metais com sucesso:

  • Harmonia visual: escolha metais que compartilhem um tom ou subtom comum para criar uma aparência coesa, mesmo que as cores sejam diferentes;
  • Equilíbrio: tente manter um equilíbrio entre as cores usadas. Por exemplo, se você tem uma torneira de cobre, pode escolher ganchos de toalha ou puxadores de gabinete em bronze para complementar;
  • Ponto focal: decida qual metal será o destaque e use outros metais como complementos secundários para evitar uma competição visual;
  • Repetição: repita cada cor de metal pelo menos uma vez no banheiro para criar um senso de continuidade e fluxo.

Dicas para escolher os metais de banheiro

Agora vamos trazer uma lista prática de escolha de acessórios, para que você faça um checklist e veja qual opção melhor corresponde a ele.

1. Durabilidade

Metais de alta qualidade podem resistir ao desgaste diário, à umidade constante e às variações de temperatura típicas desse ambiente. Aço inoxidável e bronze são materiais famosos pela longevidade e capacidade de manter a aparência por anos. Eles não enferrujam facilmente e suportam bem a exposição à água e a produtos de limpeza.

Além do material, o tipo de acabamento também afeta a durabilidade. Acabamentos como o cromado ou niquelado são interessantes por sua resistência a manchas e facilidade de limpeza. No entanto, acabamentos escovados ou acetinados podem ser mais propensos a mostrar marcas de água e dedos, o que exige mais manutenção.

Considere também a garantia oferecida pelo fabricante, que pode ser um bom indicativo da confiança na durabilidade do produto. Investir em metais de qualidade para o banheiro significa menos preocupações com substituições frequentes e mais tempo desfrutando de um espaço belo e funcional. Portanto, avalie bem as opções e escolha metais que prometam durabilidade e beleza prolongadas.

2. Acabamento

O acabamento dos metais de banheiro é um aspecto importante que afeta tanto a estética quanto a funcionalidade. Assim, ele deve complementar o estilo geral do banheiro. Porém, é preciso levar em conta que alguns acabamentos são mais fáceis de manter do que outros.

Como já vimos, acabamentos cromados, por exemplo, tendem a ser mais resistentes a manchas e mais fáceis de limpar, enquanto acabamentos em bronze ou cobre podem desenvolver uma pátina ao longo do tempo, o que pode ser até bom para alguns, mas requer mais cuidado.

Considere também a resistência do acabamento à corrosão e ao desbotamento, já que aqueles com alta qualidade mantém sua aparência por mais tempo, mesmo em ambientes úmidos.

A estética do acabamento também é importante. Se você está misturando metais, escolha acabamentos que criem uma aparência coesa. Por exemplo, se você tem acessórios de banheiro em níquel escovado, procure por torneiras e registros com acabamentos semelhantes.

Embora seja tentador seguir as últimas tendências em acabamentos de metais, é importante considerar o que será atemporal e o que continuará agradando ao seu gosto pessoal ao longo dos anos.

É muito importante lembrar que o acabamento não é apenas uma questão de aparência, mas também de praticidade e longevidade. Então, escolher o acabamento certo pode realçar a beleza dos metais do banheiro e garantir que eles continuem a funcionar bem e a parecer ótimos por muitos anos.

3. Manutenção

Considere a frequência com que os metais serão usados e por quantas pessoas. Metais em banheiros de uso frequente ou compartilhados por várias pessoas podem exigir mais manutenção. Nesse caso, pode ser uma boa opção investir em algo mais forte, como o aço inox.

Verifique também as recomendações do fabricante sobre os produtos de limpeza adequados para os metais escolhidos, pois alguns podem ser danificados por produtos químicos agressivos.

Considere, ainda, o custo e o tempo necessários para manter os metais em bom estado. Afinal, metais que requerem menos manutenção podem ser mais econômicos a longo prazo.

Escolher metais que combinem beleza com facilidade de manutenção garantirá que seu banheiro permaneça funcional e atraente com o mínimo de esforço.

4. Estética e design

A estética e o design dos metais de banheiro são fundamentais para criar um ambiente que reflita seu estilo pessoal e atenda às suas necessidades funcionais.

Muitas vezes, são os acessórios metálicos que dão o tom do estilo geral do banheiro, seja ele contemporâneo, clássico, industrial ou minimalista. Por exemplo, um design moderno pode ser realçado com metais de linhas retas e formas simples.

Certifique-se também que os metais escolhidos estejam em proporção com o tamanho do banheiro e dos outros elementos, como a pia e o vaso sanitário. Além disso, pequenos detalhes nos metais podem fazer uma grande diferença, como elementos como gravuras ou texturas, que podem adicionar um toque de sofisticação.

Usar metais de cores ou acabamentos diferentes dos outros acessórios pode criar um contraste interessante que destaca os metais como pontos focais. Porém, decida se prefere uma aparência uniforme, usando metais da mesma linha ou coleção, ou se deseja adicionar variedade com peças de diferentes estilos.

Aliás, alguns fabricantes oferecem opções de personalização, o que permite que você escolha detalhes como o tipo de alavanca ou as inscrições nas torneiras. Se isso for algo interessante para você, considere investir nesses toques pessoais.

5. Funcionalidade

Escolha torneiras, registros, papeleiros e toalheiros, duchas higiênicas, enfim, acessórios, que sejam fáceis de operar por todos os usuários. Modelos com alavancas únicas ou sensores, por exemplo, podem ser mais práticos.

Opte também por metais que ajudem a economizar água, como torneiras com aeradores ou chuveiros com baixo fluxo, sem comprometer o desempenho. Garanta também que os metais escolhidos sejam compatíveis com o sistema de encanamento que você tem em casa para evitar problemas de instalação.

Verifique a qualidade dos mecanismos internos, como cartuchos e válvulas, que influenciam a vida útil e a manutenção dos metais. Se for algo que você acha interessante, considere escolher metais com recursos adicionais, como controle de temperatura, que podem aumentar o conforto e a segurança no uso diário.

6. Custo-benefício

Compare a qualidade dos materiais e mecanismos internos com o preço. Afinal, investir em metais de alta qualidade pode significar menos manutenção e substituições a longo prazo. Metais que economizam água também podem reduzir as contas de água, e oferecer um bom retorno a médio e longo prazo.

Outro ponto importante é a garantia. Produtos com garantias mais longas podem oferecer maior tranquilidade e indicar uma expectativa de vida útil mais longa.

Ainda mais, considere os custos de instalação na hora de escolher, pois metais fáceis de instalar podem economizar dinheiro se você puder fazer a instalação por conta própria.

Esteja ciente também de custos adicionais, como peças de substituição e manutenção regular. É bom ter em mente que o menor preço nem sempre significa o melhor valor. Por isso, avaliar o custo-benefício significa considerar a durabilidade, a funcionalidade e o impacto a longo prazo no orçamento e na satisfação com o produto.

Gostou das dicas para escolher os metais de banheiro? Agora coloque todas elas em prática e garanta que você vai levar somente o melhor para sua casa!

© Copyright 2024 - Rodaless - Todos os direitos reservados
Rodaless Ltda - CNPJ: 49.252.563/0001-66 - IE: 703.027.360.114 - Endereço: 11A Rua Dr. Ruy Burgos, 554, Sala 1, Centro - Uchoa/SP - CEP: 15.890-011

Frete:

[coletar_endereco]